FSM News

Devido aos temores de uma aliança do governo instável decorrente de um parlamento suspenso e incertezas políticas no Reino Unido após as eleições de 8 de junho deste ano, a libra caiu abaixo do nível de 1,27. Está chegando a um mínimo de oito semanas em relação ao dólar e está prestes a atingir uma perda de sete meses frente ao euro.

Efeitos Após as Eleições Britânicas

Desde então, a tendência da libra tem sido altamente dependente da situação política do país. Os investidores esperam alta volatilidade durante os períodos eleitorais, especificamente com o par GBP / USD. A pesquisa de mercado provou que os preços geralmente flutuam de 8 à 10% em períodos antes e depois das eleições.

Neste contexto, a libra mergulhou imediatamente em 2%. Um parlamento sem uma maioria absoluta, como os especialistas vêem, resultaria em uma direção menos certa do governo, pois haveria uma série de acordos a serem feitos antes de chegar a uma decisão final.

Além disso, uma pesquisa recente revelou que logo após as eleições houve uma queda dramática e rápida na confiança das empresas devido às preocupações de ter um parlamento sem uma maioria absoluta.

A libra recentemente diminuiu cerca de 0,51%, e a taxa de câmbio GBP / USD caiu para US$ 1,27080 hoje.

 FSMNews

Outra Eleição Este Ano

No entanto, na pesquisa realizada, não houve intenção de ter outras eleições neste ano. Nesse caso, de ter outra eleição antes do Natal, teria um impacto negativo na economia do país.

Os analistas dizem que, se May renuncia-se como primeira-ministra, as negociações do Brexit seriam totalmente atrasadas. Se isso acontecer, ainda assim, o partido conservador deve escolher uma substituição e decidir se opta por um Brexit suave ou difícil.

Complicações do Brexit

O principal objetivo da PM Theresa May em convocar a eleição é fortalecer sua aliança em relação às negociações sobre o Brexit. No entanto, como os conservadores perderam sua maioria em um resultado geral instantâneo e resultando em um parlamento sem uma maioria absoluta, há pedidos para que May renuncie, notavelmente pelo líder trabalhista Jeremy Corbyn. No entanto, ela ainda está positiva que seu partido pode garantir a estabilidade no país. May disse em um comunicado: "Neste momento, mais do que qualquer outra coisa, esse país precisa de um período de estabilidade".

Federica Mogherini (chefe de política externa da UE) expressa que a eleição acabou de levar as negociações para uma maior incerteza. "Um ano após o seu referendo, ainda não conhecemos a posição britânica nas negociações sobre o Brexit e parece difícil prever quando conheceremos", acrescenta ela.

Claramente, Theresa May não conseguiu garantir um mandato leve para um Brexit difícil. Pode ser difícil para o governo iniciar as negociações em um período de nove dias. Os especialistas dizem que a primeira-ministra deve pensar em uma nova estratégia.

Uma receita para a sobrevivência que a PM May pode considerar é formar um governo minoritário apenas para iniciar as negociações sobre qualquer legislação relacionada com o Brexit através da Câmara dos Comuns. May pode considerar a obtenção da ajuda e apoio das outras partes, como os deputados do Partido Republicano Democrático da Irlanda do Norte e seus aliados.

Conclusão

Como o Reino Unido ainda está sob instabilidade e incerteza, o nervosismo nos mercados é propenso a aumentar. Os investidores podem estar inclinados a transferir seu dinheiro para mercados mais estáveis ​​onde o crescimento é evidente e as incertezas políticas são menores.

 

Você quer estar atualizado sobre os últimos acontecimentos no mercado de ações, mundo financeiro e da economia em geral? Cadastre-se agora no FSM News para aumentar os seus conhecimentos e melhorar a sua familiaridade!