FSM News

Na quarta-feira, o dólar paira perto de mínimas de sete semanas após o presidente do Federal Reserve dos EUA, Jerome Powell, ter dado pistas sobre uma chance de um corte da taxa de juros à luz da crescente guerra comercial entre os EUA e a China e o crescimento econômico.

O índice dólar dos EUA estava pouco alterado frente a uma cesta dos seis principais pares que mudaram ligeiramente, aumentando 0,03% em 97,105, ao alcance da atual mínima de 96,995, seu nível mais baixo desde 18 de abril. Despencou agora 1,3% em relação à máxima de dois anos de 98,371 alterada em 23 de maio.

As principais moedas reagiram aos comentários do presidente do Fed, Jerome Powell, enquanto os investidores já tinham precificado alguns cortes da taxa pelo Fed como resultado da previsão de crescimento econômico flutuando, Masafumi Yamamoto, estrategista-chefe de câmbio na Mizuho Securities disse.

O presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, disse na segunda-feira em um discurso que um corte da taxa de juros pode ser necessário “em breve”.

Os cortes da taxa em vários bancos centrais nas semanas atuais poderão possivelmente sinalizar o início de um ciclo de afrouxamento financeiro mundial para afastar um colapso financeiro mais acentuado.

“Os bancos centrais em torno do globo estão adotando um tom dovish. É um tipo de medida preventiva,” Yamamoto disse.

“Não significa necessariamente que a economia está piorando – muito menos que a previsão piorou. Está relacionado principalmente com as tensões comerciais entre os EUA e a China e os EUA e o México.”

FSMNews

O banco central da Austrália corta sua taxa cambial para uma mínima recorde de 1,25% na terça-feira e indicava estar pronto para ir em frente se a previsão de deterioramento persistir.

Pela primeira vez em dois anos e meio, o banco central da Nova Zelândia corta sua taxa de juros de referência um mês atrás e sinalizou uma possibilidade de 50-50 de outro afrouxamento, levando o dólar local a outra diminuição acentuada.

Há uma semana o banco central da Coreia do Sul manteve a política monetária inalterada, mas adotou um tom mais cooperativo enquanto o banco central da Índia é esperado para cortar a taxa de juros na sua reunião de política na quinta-feira.

O dólar Aussie subiu 0,05% para US$ 0,6994 antes de divulgar os dados do produto interno bruto do primeiro trimestre.

A previsão média em uma pesquisa de uma agência de notícias mostrou que o produto interno bruto (GDP, sigla em inglês) aumentou provavelmente 0,5% no trimestre anterior enquanto o movimento anual era esperado em 1,8%.

O euro aumentou 0,05% à US$ 1,1257, ampliando seus ganhos pela quarta sessão.

 

O dólar caiu na segunda-feira para uma mínima de cinco meses frente ao iene japonês. O iene estava por fim em 108,165.

Saiba mais sobre os últimos eventos do mercado aqui em FSMNews. Inscreva-se agora para FSMNews e obtenha suas informações sobre forex, commodities, mercado de ações, tecnologia, economia e muito mais.