FSM News

O eletrônico de 2019 da Hyundai, Kona, vai ser o primeiro veículo que o fabricante produz para o mercado automobilístico indiano. O carro será apresentando no final de 2019. A fabricante estará lançando o próximo compacto SUV – o Hyundai Venue no mês de maio deste ano seguido por uma versão renovada do Hyundai Tucson.

O elétrico Kona assumirá a rota CKD. A Hyundai estará oferecendo esta nova SUV para o mercado automobilístico indiano à um preço mais baixo, um CBU seria mais caro. Esta será uma escolha muito mais barata e prática do que a Ionic.

A Hyundai estará oferecendo este novo SUV para mercado automobilístico indiano à um preço barato. Esta será uma escolha muito mais barata e prática do que a Ionic. O preço acessível deverá estar a favor do eletrônico Kona.

FSMNews

Se a empresa vai rápido com este carro elétrico, então espera-o para meados de 2019. Este será um carro novíssimo e não compartilha de nenhum tipo de plataforma com outros produtos. Além disso, a bateria elétrica o tornará uma importação total.

O elétrico de 2019 Kona da Hyundai não parecerá diferente dos seus similares à gasolina e diesel. Há uma grande dianteira trapezoidal com rede de favo de mel. O perfil lateral é bem esculpido com linhas nítidas cruzadas.

Interiores elegantes em preto complementam o estilo externo. Há uma grande tela sensível ao toque que se estende como uma aba. Há também outros elementos como um volante da nova geração, controle de temperatura e todos os instrumentos que você precisa em uma SUV. Haverá espaço para cinco ou mais

Em oposição ao SUV Kona padrão, o eletrônico Hyundai Kona 2019 recebe diferenças visuais delicadas do lado de fora.

Hyundai afirma que a bateria tem sido integrada à plataforma da SUV sem com isso comprometer o espaço interno, embora o cabo de carregamento na traseira fez com que o espaço original de 373 litros do carro caísse para 332 litros.

O elétrico de 2019 Kona da Hyundai pretende ser uma declaração para mostrar a dedicação da Hyundai para um futuro de EV. Isso significa que não é esperado vender em grandes números. A Hyundai planeja manter um alvo enquadrado de cerca de 50 a 60 unidades por mês.

No entanto, a marca coreana está visando a montagem local do Kona EV usando unidades CKD, a fim de manter os custos baixos.

O Kona não enfrentará rivalidade do seu próprio segmento imediatamente, mas dos veículos eletrônicos que chegarão com um preço acessível e será mais barato. MG, Kia, Mahindra e várias fabricantes estão planejando SUV’s eletrônicas para Índia em breve.

 

Saiba mais sobre os últimos acontecimentos do mercado aqui em FSMNews. Inscreva-se agora para FSMNews e obtenha informações atualizadas sobre forex, commodities, mercado de ações, tecnologia, economia e muito mais.