FSM News

Hyundai e Kia estão sendo investigadas devido à incêndio de carros em todo o território nacional. As autoridades legais disseram que o resultado desta investigação poderá determinar os riscos de litígios destas companhias.

As duas corporações fizeram o recall de 500.000 carros devido ao risco de incêndio e em um relatório de notícias tem havido 300 incêndios no motor desde junho.

Atualmente, os seus riscos parecem depender de se os investigadores poderão achar que os fabricantes de carros colocam os lucros acima da segurança dos usuários. Enquanto isto, não está claro até agora quais outros estados se juntarão a Connecticut em sua investigação do incêndio de veículos.

Se a investigação mostrar prevaricação e negligência, os fabricantes de carros poderão enfrentar um longo caminho pela frente, de acordo com um professor da escola de direito da Universidade de Connecticut.

“O fato de que eles querem fazer uma investigação não significa que renderá evidência de que algo errado, mas se eles encontrarem evidência de que os carros têm uma propensão para pegar fogo espontaneamente e isto era sabido, então eles têm uma exposição legalmente séria para as companhias de carro,” disse o Professor da Escola de Direito da Universidade de Connecticut. “Significaria um recall e provavelmente várias ações civis. Você pode apenas olhar para muitas ações contra a Volkswagen para o escândalo de emissão, ou GM surgindo da questão de troca na ignição do carro Kobalt. Se este á o caso você está vendo uma grande exposição. Mas tudo depende sobre o que a investigação apresentar e qual o problema.”

Além disso, um advogado em Hartford disse, “Se a companhia tivesse conhecimento de que esses fogos eram um risco e eles tivessem feito um cálculo do negócio de que os custos com os incêndios poderiam ser menores do que os lucros a serem obtidos da venda de seus veículos defeituosos, eles estariam sujeitos a danos punitivos e várias ações.

“Eles podem sobreviver,” disse o advogado em Hartford, parceiro administrativo em Howard Kohn Sprague & FitzGerald. “Há alguns clientes realmente fieis que realmente gostam e preferem Hyundais. Pessoas achavam que a Volkswagen afundaria e eles sobreviveram.”

“Um dos maiores custos para as companhias é uma lesão na reputação, assim as pessoas não confiam na companhia de carro,” ela disse. “Se este é o casso, eles comprarão uma marca diferente. Eu não acho, entretanto, que as pessoas mudarão seu comportamento até que algum tipo de prova de algo errado apareça.”

 

Fabricantes de Hyundai E Kia Fazem Recall Algumas Centenas de Milhares de Carros

 FSMNews

Em seu anúncio na segunda-feira, Tong disse, “Este é um assunto sério e nós estamos agindo agressivamente e responsavelmente para descobrir os fatos e assegurar responsabilidade.” A divulgação declarou que tem havido números de veículos da Hyundai e Kia se queimando espontaneamente e pegando fome enquanto eram dirigidos ou estavam estacionados.

Ambos os fabricantes de carros iniciaram o recall de algumas centenas milhares de veículos equipados com o motor Theta II Gasoline Direct Injection no início de 2015. Uma agência de notícias reporta também que os fabricantes de veículos são objeto de três recalls separados da National Highway Traffic Safety Administration, ou NHTSA

Representantes da Hyundai e Kia disseram que eles estão trabalhando para resolver as questões.

James Hope, gerente nacional, comunicação de produto para Kia Motors America, disse em um relatório: “A segurança dos nossos clientes é uma das prioridades máximas e nós levamos a sério este assunto. Kia está cooperando totalmente com os investigadores sobre o desempenho de seus veículos e nós continuaremos a compartilhar abertamente as informações e os dados com NHTSA e outros conselhos investigativos de forma completa e transparente.”

Kia disse também que inicia voluntariamente algumas medidas para assegurar que fosse resolvida incêndios de carro que não fosse decorrente de colisão. Em junho de 2017, por exemplo, Kia fez recall de mais de 600.000 Optimas, Sorentos e Sportage para resolver um defeito de fábrica que poderia causar falha no motor e em casos raros, incêndio.

Michael Stewart, gerente sênior do grupo de relações públicas corporativas e de marketing para a Hyundai, escreveu, “Hyundai está cooperando totalmente com o governo neste assunto e está comprometida a dar aos motoristas americanos segurança, alta qualidade, eficiência e veículos acessíveis.”

FSMNews dá a você os mais recentes acontecimentos do mercado. Inscreva-se agora para FSMNews e obtenha informação atualizada sobre forex, commodities, ações, tecnologia, economia e muito mais.