FSM News

KKR e Bain Capital, que são empresas de capital privado de propriedade da Toys R Us antes da companhia ter declarado falência no início deste ano, disse que elas tinham prometido US$ 10 milhões para criar o Fundo de Assistência Financeira da TRU, que visa distribuir verbas rescisórias para ex-funcionários.

A medida não é muito comum entre as empresas uma vez que não é exigido pela lei de falência tomar tal medida.

Em uma declaração conjunta, KKR e Bain disseram que o fundo está sendo estabelecido em resposta à “uma lista extraordinária de circunstâncias” para ambas as companhias.

“A confluência da interrupção no varejo, a pressão dos credores assegurados de pagamento da companhia para liquidar as operações dos EUA da companhia e o fato de que nós nunca vivenciamos algo como isto na história em nenhuma das empresas levou-nos a tentar e encontrar uma maneira de dar algum alívio financeiro para os ex-funcionários,”  disseram as empresas em uma declaração.

Afim de estarem qualificados para os pagamentos, aqueles que ficaram sem emprego após o fechamento da companhia terão que atender a algumas especificações.

Os ex-funcionários terão que ter trabalhado para Toys R Us por pelos menos um ano, eles não podem ter mais de US$ 110.000 ou menos do que US$ 5.000 em renda anual, e eles devem ter cumprido as diretrizes da rescisão e de emprego no plano da Toys R Us.

Os senadores democratas americanos de New Jersey, Cory Booker e Bob Menendez, como também o representante americano de New Jersey, Bill Pascrell JR, cujo distrito um incluía a sede da companhia, emitiram uma declaração conjunta em relação ao anúncio pelas empresas para a criação do fundo.

FSMNews

“Fundamental para nossos valores como americanos é o ideal de que se você trabalha duro e segue as regras, você deve ser capaz de ter sucesso,” disse a declaração. “Por meses, nós temos levantado questões em torno da falta de apoio para os funcionários da Toys R Us e seus familiares que foram impactados em um esforço para fornecer alguma medida justa para os trabalhadores que construíram uma ótima companhia em New Jersey. Hoje marca um passo positivo em torno do cumprimento de uma obrigação moral para milhares de famílias de ex-funcionários da Toys R Us.”

Os dois senadores e congressistas permaneceram com os funcionários da Toys R Us em junho fora da ex-sede do varejista baseada em New Jersey em Wayne, exigindo justiça para os trabalhadores e suas famílias afetadas pela falência da companhia.

 

O senador dos EUA, Bernie Sanders, que é um ex-candidato à presidência, tuitou sobre o estabelecimento de fundo de verbas rescisórias, dizendo que “nós continuaremos a lutar contra a ganância de Wall Street e do capital privado, e a ampliar a barganha coletiva dos direitos de todos os americanos.”

Logo após Toys R Us ter anunciado que estava saindo do negócio, os empregados em todos o país reuniram-se para protestar por pagamentos de verbas rescisórias em Washington, DC e Nova York e se agruparam até em frente ao Congresso e os investidores das empresas. Em setembro, as empresas e os ex-funcionários chegaram a um acordo.

No momento, os ex-funcionários estão focando suas atenções nos fundos de hedge. Solus Alternative Asset Management e Angelo Gordon & Co que estavam por trás da decisão para fechar a companhia.

Keneth Feinberg e Camille Biros foram nomeados por Bain e KKR para serem os administradores independentes do fundo, de acordo com uma divulgação conjunta da empresa.

No passado, os dois também ajudaram na distribuição de fundos para grupos diferentes, incluindo indenização para as vítimas dos ataques de 11/09.

“Nós projetamos um processo transparente, direto e simples que deve dar algum alívio financeiro para ex-funcionários qualificados,” disse Biros em uma declaração. “A seguir, nós queremos ouvir estes ex-funcionários afetados pelo fechamento inesperado.”

Saiba mais sobre os mais recentes acontecimentos do mercado em FSMNews. Assine agora para FSMNews e obtenha sua rodada de informação atualizada sobre forex, commodities, mercado de ações, tecnologia, economia e muito mais.