FSM News

Walmart apresentou resultados que superaram as expectativas dos analistas e aumentou seu guia de orientação para todo o ano antes da temporada de férias.

Os resultados foram conduzidos pelas vendas de e-commerce, enquanto a companhia continua a engolir marcas online para competir com a Amazon em categorias como vestuário e produtos para casa, enquanto também aumenta seu negócio de supermercado.

As vendas comparáveis também aumentaram pelo 16º trimestre consecutivo, enquanto os compradores existentes do Walmart se amontoam em suas lojas mais frequentemente e adicionaram mais à suas cestas.

 

Entretanto, a receita do varejista de grandes lojas estava um pouco inferior às estimativas dos analistas. Isto foi devido à resistência da moeda, que inflaram as receitas nos trimestres recentes devido ao aumento de investimentos no exterior.

As ações do Walmart fecharam o dia quase 12% mais baixa. Com as perdas da quinta-feira, a ação está superior em mais de 10% em relação ao ano passado, colocando a capitalização de mercado do Walmart em aproximadamente US$ 291,5 bilhões.

 “Nós temos ímpeto no negócio à medida que nós executamos nossos planos e nos beneficiamos de um ambiente econômico favorável nos EUA,” disse o chefe executivo Doug McMillon em uma declaração.

O Walmart apresentou uma renda líquida para o terceiro trimestre fiscal de US$ 1,71 bilhões ou 58 centavos por ação, comparado com US$ 1,75 bilhões, ou 58 centavos uma ação em relação ao ano passado.

FSMNews

Não incluindo os itens únicos, o Walmart lucrou US$ 1,08 por ação ou 7 centavos, antes das expectativas dos analistas com base em uma pesquisa pela Refinitiv.

A receita aumentou 1,4% para US$ 124,89 bilhões em relação aos US$ 123,18 do ano passado, caindo um pouco em relação às expectativas por US$ 12,55 bilhões. Excluindo os efeitos da moeda, a receita estava em US$ 126,1 bilhões.

As vendas em lojas nas abertas dos EUA, por pelo menos um ano, estavam 3,4% mais altas, superando o crescimento de 3,1% que os analistas tinham previsto. O Walmart disse que o tráfego nas lojas estava 1,2% maior durante o trimestre, com o ticket médio dos compradores superiores 2,2%.

O chefe financeiro, Brett Biggs, disse que o supermercado ajudou a conduzir tais resultados, uma vez que o Walmart tem uma opção de retirar no supermercado em aproximadamente 2.100 lojas pelos EUA e entrega em cerca de 600 lugares.

 

As vendas online estavam superiores 43% durante o terceiro trimestre e Briggs disse que a companhia ainda está caminhando para atingir sua meta de crescimento da venda de e-commerce de 40%, as vendas digitais aumentaram 50%, enquanto a companhia estava apenas começando a extrair os benefícios de sua aquisição da Jet.com.

Enquanto isto, as preocupações têm levantado que os números do Walmart não serão tão fortes quanto a calmaria da economia. Entretanto, alguns analistas ainda veem a companhia um beneficiário, “independente de como o macroambiente está.”

“Nós estamos provavelmente há cerca de seis de distância de um ambiente de gasto do consumidor mais lento, uma vez que o impulso com a reforma tributária começa a perder força,” disse o analista da UBS, Michael Lasser. “Além disso há um afastamento de alguns dos varejistas que estavam se beneficiando desproporcionalmente disso, para varejistas mais seguros do tipo defensivo, como o Walmart.

Embora haja incertezas a cerca das taxas de juros e custos aumentando devido às tarifas, Lasser disse que “o Walmart tem um bom plano” em curso para ser trabalhado. Que inclui colocar em uso robôs e outras tecnologias em lojas assim a companhia pode economizar dinheiro e alocar mais recursos em atividades de trabalho mais intenso.

Saiba mais sobre os últimos acontecimentos do mercado aqui em FSMNews. Assine agora para FSMNews para sua rodada de informações atualizadas sobre forex, commodities, mercado de ações, tecnologia, economia e muito mais.