FSM News

As ações asiáticas caíram na terça-feira enquanto o banco central da China permitiu que sua taxa de referência do yuan ultrapassasse uma barreira psicológica em meio à recente fraqueza no mercado de ações interno, uma mudança que sobrecarregou outras moedas emergentes.

O índice mais amplo da MSCI das ações da Ásia-Pacífico fora o Japão estava em baixa de 0,3% para US$ 492,84, após atingir na segunda-feira seu nível mais baixo desde maio do ano passado.

Enquanto o iene de refúgio seguro publicou ganhos, o Nikkei do Japão escorregou 1,3% para ¥23.502,00.

Os analistas declaram que o sentimento de risco está com um humor desfavorável e as ações estão caindo em todo lugar. O Fundo Monetário Internacional (FMI) somou a este humor ao reduzir as previsões de crescimento global tanto para este ano e o próximo, incluindo reduções para a previsão para os EUA, China e Europa.

As ações chinesas estavam mistas, o índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,1% para  HK$26.172,91, enquanto o Shanghai Composite somou 0,1% à CN¥2,721.02

Além disso, NASDAQ de tecnologia pesada recuou pelo terceiro dia consecutivo na segunda-feira e as ações de crescimento estavam pressionadas pelas preocupações sobre a possibilidade de aumento dos rendimentos do título atingindo eventualmente a economia.

O S&P 500 encolheu 0,04% para US$2.884,43 e o NASDAQ Composite recuou 0,6% para US$7.735,95, enquanto o Dow subiu 0,1% para US$26.486,78

A nota do tesouro de 10 anos dos EUA manteve-se por fim em 3,252%  na terça-feira, que é sua nova máxima de sete anos.

Permite Que O Yuan Ultrapasse A Barreira de 6,9000

 FSMNews

O Banco Popular da China (PBOC, sigla em inglês) estabeleceu seu ponto-médio oficial do yuan para negociação em 6,9019 por dólar na terça-feira, passando pela barreira de 6,900 e levando os especuladores a elevarem o dólar para 6,9120 no mercado spot.

Com o ímpeto da economia chinesa continuando a enfraquecer juntamente com a pressão crescente dos EUA, o enfraquecimento da moeda é a válvula de escape óbvia, de acordo com os analistas, dizendo que é possível até o final do ano um movimento abrupto através do psicologicamente importante nível dos 7,0.

A queda deve chegar como uma boa notícia para os exportadores e ajudou o índice blue-chips CSI 300 que avançou 0,3%, embora isto tenha ocorrido após uma perda de 4,3% na segunda-feira que é o maior recuo diário do índice desde 2016. O CSI fechou 0,07%, mais baixo à CN¥3.288,69.

Na segunda-feira um oficial sênior do Tesouro dos EUA expressou preocupação sobre o yuan depreciando, acrescentando que estava incerto se o Tesouro dos EUA se reuniria com qualquer autoridade chinesa esta semana.

Entretanto, o Economista-chefe do FMI, Maurice Obstfeld, declarou na terça-feira que ele não estava preocupado sobre a capacidade do governo chinês de defender sua moeda apesar da recente fraqueza do yuan.

O yuan tem sido prejudicado pela forte pressão de venda este ano, caindo mais de 8% entre março e agosto no auge das preocupações do mercado, mas tem desde então diminuído as perdas à medida que as autoridades aumentaram o apoio.

Obstfeld disse também que o mercado financeiro tem dado muito ênfase aos movimentos à curto prazo na moeda da China, observando que o yuan tem tido com frequência rápida recuperação em tempos de volatilidade nos últimos anos.

O FMI tem estimulado as autoridades chinesas a tirarem a ênfase da capacidade de crescimento para focar mais em sua qualidade e sustentabilidade para permitir que a economia suporte melhor os impactos, de acordo com Obstfeld.

 

Os últimos acontecimentos do mercado estão aqui no FSMNews. Assine agora para FSMNews e obtenha sua dose diária de informação sobre forex, commodities, mercado de ações, tecnologia e muito mais.