FSM News

Chipotle Mexican Grill testemunhou resultados mais fortes do que o esperado para o segundo trimestre graças aos clientes gastando mais e os abacates custando menos, deixando as ações do negócio de restaurante mais altas após o fechamento.

As ações incharam quase 7% após a companhia ter superado as estimativas de Wall Street, uma vez que algumas das mudanças que foram destacadas pelo novo CEO, Brian Niccol no mês passado parecem ter tido efeito, dando à companhia uma maior solidez no setor de alimentos.

A cadeia de burrito disse que uma grande parte de seu crescimento foi devido à 34 novos restaurantes que abriram durante o trimestre tornando o seu número total de estabelecimentos de 2.467. A companhia acrescentou que as pessoas gastaram mais por conta. Chipotle disse que mais cliente preferem agora adicionar queijo à sua refeição, impulsionando as vendas de mesma loja. Por outro lado, o tráfego de pessoas diminuiu 1,8%.

As despesas de alimentos, como uma percentagem da receita também diminuiu 32,6%, menor em 1,5% em relação ao ano anterior, uma vez que a Chipotle aumentou os preços do cardápio e teve "algum alívio nos preços do abacate" de acordo com a companhia.

A receita da companhia aumentou 8,3% para US$ 1,27 bilhões dos US$ 1,17 bilhões no segundo trimestre do ano passado. Isto foi ligeiramente melhor do que US$ 1,26 bilhões, que era o que os analistas esperavam.

Niccol anunciou uma nova estratégia agressiva no mês passado afim de trazer de volta clientes para a cadeia de restaurante. A companhia está ainda em processo de recuperação de uma sequência de surtos de E.coli, salmonella e norovírus que começou em 2015 e que estava atrelado à seus restaurantes. Os escândalos de segurança alimentar abateram suas vendas e cortou seu valor de mercado pela metade.

FSMNews

"Leva tempo para construir uma cultura de contabilidade," declarou Niccol durante uma conferência de resultado após os resultados serem divulgados. "Nós sabemos que a comida é deliciosa, o sentimento do restaurante é ótimo e nós removemos a tensão do fluxo do processo do pedido, não importa o canal, nós agradamos o cliente.

A companhia declarou também que suas vendas digitais cresceram 33% durante o segundo trimestre, contabilizando atualmente 10,3% das vendas totais. Além disso, suas vendas de entrega aumentaram quatro vezes. O serviço de entrega está disponível atualmente em 1.700 lojas, portanto a companhia espera que 2.000 estabelecimentos será reforçado com entrega até o final do ano.

Os pedidos digitais e de entrega estão tornando-se cada vez mais importantes para a indústria uma vez que tendem a gerar contas maiores. Em média, os pedidos online são de US$ 16 à US$ 17 no Chipotle. A média das contas nos restaurantes são de aproximadamente US$ 12, de acordo com a companhia.

O lucro líquido da companhia caiu cerca de 30% para US$ 46,9 milhões de US$ 66,7 milhões durante o ano passado. Incluído US$ 33,4 milhões em despesas com fechamento de restaurantes.Sem as cobranças, a companhia resgistrou lucro ajustado de US$ 2,87 por ação, comparado com US$ 2,80 por ação que foi previsto pelos analistas.

As vendas de mesma loja cresceram 3,3%. Isto superou também as estimativas de 2,7%, com base em StreetAccount. Chipotle aumentou seu guia de orientação de vendas para restaurantes comparáveis de "expectativas baixas de um dígito" para " baixa à média- de um dígito"

Assine agora para FSMNews e fique atualizado com os últimos acontecimentos do mercado. FSMNews dá a você o mais recente sobre forex, commodities, ações, tecnologia, economia e muito mais.