FSM News

 A Nike acaba de lançar um novo anúncio na YouTube apresentando ex-40ers quarterback do San Francisco, Colin Kaepernick, como também as Lebron James, Serena Williams e um rol de outros atletas.

Apenas dois dias antes do lançamento do anúncio, Kaepernick, compartilhopou uma foto no Twitter mostrando-o em uma nova campanha de marketing da Nike, que está atrelada ao 30º aniversário do seu slogan renomado mundialmente “Justo Do It”.

Devido ao ativismo infame do atleta, a campanha viralizou rapidamente, espalhando ondas de apoio ou reação contrária, #BoicoteÀNike virou tendência no Twitter na terça-feira de manhã, enquanto as ações da Nike escorregavam uma vez que Wall Street absorvia as notícias.

Kaepernick atraiu as atenções quando, afim de protestar contra a injustiça racial, ele decidiu ajoelhar-se ao invés de permanecer de pé para o hino nacional antes do jogo da pré-temporada da Liga Nacional de Futebol de 2016. Ele atualmente está sem contrato com times da NFL. Ele fala que a organização conspirou contra ele para evitar que ele assinasse com um time quando ele tornou-se um livre agente.

A NFL, sem surpresas, negou a alegação. Uma audição está definida para o assunto antes do final do ano.

Apesar da aparição do atleta no anúncio, o novo comercial da Nike não parece ser excessivamente político para muitos espectadores.Não fez nenhuma referência à “ajoelhar-se”. Pelo contrário, enfatizou o tom inspirador que a campanha “Just Do It” da Nike tem carregado.

Kaepernick, que era o narrador do vídeo, começou o anúncio dizendo: “Se as pessoas dizem que seus sonhos são malucos, se eles riem do que você acha que pode fazer – bom, permaneça nesse caminho, porque o que os descrentes não entendem é que chamar um sonho de maluco não é um insulto; é um elogio.”

FSMNews

No vídeo passa várias imagens de atletas profissionais como Williams e James, antes de suas carreiras decolarem, ainda nas suas adolescências.

O vídeo de 2 minutos, terminou com Kaepernick afirmando, “Portanto não questione se seus sonhos são malucos. Pergunte se eles são malucos o suficiente.”

Toneladas de comentários surgiram na internet desde que a campanha apresentando Kaepernick foi definida. De acordo com alguns analistas da indústria, a Nike deve ganhar com alguns consumidores que sentem mais simpatia pela causa do jogador.

Por outro lado, tem havido várias imagens e vídeos de pessoas queimando seus tênis da Nike postadas no Twitter, juntamente com promessas de nunca mais comprar produtos da Nike.

“Quando você é uma marca extraordinária você vai estar polarizando,” disse Allen Adamson, que é um expert da marca e co-fundador do negócio de soluções de marketing, Metaforce. “Vai haver algumas irregularidades a curto-prazo por causa desta campanha, mas as melhores campanhas precisam administrar para o longo-prazo.”

O presidente Donald Trumo publicou mais tarde um tweet sobre a mobilização e reação na rede social. “A Nike está sendo totalmente assassinada com raiva e boicotes. Eu me pergunto se eles tinham ideia de que seria desta forma?”

Embora as ações da Nike tenham caído 3% na terça-feira, a ação esteve em alta em mais de 50% durante o ano passado. Na quarta-feira, as ações fecharam mais altas em menos de 1%.

Além disso, em menos de 24 horas, um grupo declarou que a Nike já recebeu mais de US$ 43 milhões de exposição da mídia, principalmente no lado positivo.

“Neste momento o que isto significa é que eles estão ganhando a batalha do lado das relações públicas,” disse Eric Smallwood, que é o presidente do Apex Marketing Group. O grupo mediu a exposição da marca de companhia de esportes.

Adicionalmente, os analistas argumentaram que o público-alvo da Nike dos consumidores estão longe dos Estados Unidos e que os muitos compradores globais não estarão prestando muita atenção à apresentação de  Kaepernick. A meta do varejista é aparentemente conectar-se com uma geração mais jovem que analisam mais o que suas marcas favoritas apoiam antes de comprarem.

“A maioria das pessoas não estão buscando fazer decisões políticas com suas compras de tênis,” disse analista da Nomura, Simeon Siegel. “Mas sempre que uma marca anexa seu logotipo ao rosto de outra pessoa, ela está fazendo uma análise de custo-benefício calculada que é algo essencial para o DNA da Nike. ”

Fique atualizado sobre os últimos acontecimentos do mercado. Assine agora para FSMNews. FSMNews dá a você os mais recente sobre commodities, ações, tecnologia, economia e muito mais.