FSM News

A Audi está fazendo recall de aproximadamente 1,2 milhão de carros ao redor do mundo por causa de problema na bomba de refrigeração elétrica que pode possivelmente aumentar o risco de incêndio.

 

A unidade de carros de luxo da Volkswagen anunciou o recall na semana passada pela preocupação de que uma bomba de refrigeração elétrica possa superaquecer ou tenha um curto-circuito originado da umidade dentro da bomba, e assim, crie um risco de incêndio.

 

A companhia está chamando alguns veículos dos modelos Audi A5 Cabriolet, A5 sedan e Audi Q5, produzidos entre 2013 e 2017. Entre os afestados também estão os modelos Audi A6 produzidos entre 2012 e 2015, assim como os veículos A4 sedan e A4 de todos os modelos de 2013 a 2016.

 

"Estes veículos, equipados com motores 2,0l Turbo FSI, têm uma bomba de refrigeração elétrica que podem ser bloqueados por detritos no sistema de refrigeração, causando um superaquecimento ou um curto circuito devido a umidade dentro da bomba," disse a Volkswagen em uma carta à Administração Nacional de Segurança de Tráfego nas Rodovias dos EUA.

 FSMNews

A marca de luxo da Volkswagen disse, em documentos ao governo americano, que as bombas podem ser bloqueadas com detritos do sistema de resfriamento, ou que a umidade na bomba pode causar um curto-circuito. Um porta-voz da Audi nos EUA disse que houveram relatos de incêndio, mas ele não teve nenhum detalhe.

 

Os revendedores irão substituir as bombas, mas a companhia não disse se elas estarão disponíveis, de acordo com registros do Departamento Nacional de Rodovias dos EUA.

 

O recall abrange 342.000 veículos nos EUA, disse o órgão responsável. A companhia disse que não tem a avaria dos veículos afetados por país. Este é o segundo recall da Audi relatado por problema na bomba.

 

A Audi convocou recall dos mesmos veículos no ano passado e os revendedores fizeram uma atualização de software. Mas a empresa disse, em documentos postados na terça pela Administração Nacional de Segurança de Tráfego nas Rodovias, que os problemas nas bombas continuaram.

 

Inscreva-se no FSM News e receba as últimas notícias do mercado. Nós fornecemos notícias recentes e abrangentes e análises sobre forex, commodities, tecnologia, finanças, economia e mais.