FSM News

O grupo Blackstone ainda está aberto para fazer negócios e investimentos na Itália, apesar da crise política do país, que faz parte da zona do euro.

 

Jon Gray, presidente da Blackstone, disse que a crise na Itália pode despontar oportunidades de investimento, mas poderia levar a um crescimento mais lento e mais volátil na Europa.

 

“A Itália muda, um monte de coisas muda, e isso poderia criar uma gama de oportunidades,” disse Gray na Bank’s Global Financial Services Conference, em Nova Iorque, na quarta-feira.

 

Negócios da Itália, Brexit e EU

 FSMNews

Na conferência, Gray foi perguntado se a companhia compraria ativos italianos neste momento. Ele disse que tinha certeza eles comprariam, uma vez que fosse em “função do preço”.

 

“Se você olhar lá trás depois do Brexit, em nosso setor imobiliário, nós compramos algumas centenas de milhões de libras de armazéns. Isso foi literalmente 10 dias após o Brexit. Nós tendemos a focar mais no valor de longo prazo que nos movimentos de mercado de curto prazo,” disse Gray.

 

Ele também disse a questão mais ampla é o desafio de encarar a União Europeia.

 

“Voltando ao passado e olhando para a Europa, você diria que a composição da união monetária sem uma união fiscal seria difícil,” disse ele.

 

Ele continuou que isso apenas levaria à volatilidade ao longo do caminho e que criaria mais de um prêmio de risco por investir na Europa, desacelerando a taxa de crescimento.

 

Além do mais, é improvável que a Itália saia da União Europeia, uma vez que ele disse que os europeus têm um incentivo enorme para não se separar.

 

“E mesmo na Itália, se você pesquisasse com a população, eles querem ficar no Euro. Eu acho que a Europa encontrará uma forma para mantê-los juntos, embora com crescimento mais lento e mais volatilidade.

 

Ativos da Blackstone

 

A Blackstone, com US$ 449,6 bilhões de ativos sob gestão, continua a considerar mudar de uma parceria para uma corporação, após as rivais KKR e a Ares Management dizerem que eles fariam uma conversão neste ano.

 

“Vamos assistir isso, ver o que os mercados fazem, ver como estas empresas negociam, pensar sobre nós mesmos,” disse Gray. “Quando pensarmos na hora certa, tomaremos esta decisão.”

 

Inscreva-se no FSM News e receba as notícias mais recentes do mercado. Nós fornecemos as últimas e mais abrangentes notícias do mercado e análises sobre forex, commodities, tecnologia, finanças, economia e mais.