FSM News

O dólar subiu para um novo pico de quatro meses frente à uma cesta das principais moedas na quarta-feira. Foi apoiado pelo crescimento dos rendimentos do tesouro após a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de sair do acordo nuclear entre os EUA e o Irã.

O índice dólar dos EUA, que mede a força do dólar frente à uma cesta de outras seis moedas rivais, ganhou 0,32% para 93,24, que é o nível mais alto desde do último 19 de dezembro.

O dólar foi impulsionado também pelo rendimento das notas de 10 anos do Tesouro dos EUA, que saltaram acima da barreira psicológica do nível de 3%. Foi o nível mais alto em duas semanas juntamente com um rali nos preços do petróleo que, por sua vez, foram estimulados pelas expectativas de inflação.

Na terça-feira, Trump decidiu sair do acordo nuclear internacional envolvendo os EUA e o Irã. As crescentes preocupações sobre o risco de conflito no Oriente Médio, bem como um efeito indireto sobre os fornecimentos de petróleo mundial e da economia mundial.

O ex-presidente dos EUA, Barrrack Obama, chamou a decisão de Trump de um “erro grave”, após rever “vários fatos” sobre o acordo.

 “… os Estados Unidos poderiam eventualmente ser deixado com uma escolha perdedora entre um Irã com armas nucleares ou outra guerra no Oriente Médio”, escreveu Obama.

FSMNews

Enquanto isto, o dólar atingiu uma alta de quatro dias frente ao iene japonês. O USD/JPY saltou 0,56% para 109,73.

O dólar dos EUA também estava mais forte frente ao euro. A moeda comum está atualmente pressionada pela questão política ascendente na Itália. O EUR/USD declinou 0,28% para 1,1831, que é seu nível mais baixo desde 22 de dezembro.

Além disso, o euro teve uma recuperação durante suas sessões recentes após dados econômicos mais fracos do que o esperado fez surgir especulações de que Banco Central Europeu pode não atingir sua meta de encerrar seu programa de estímulos monetário até setembro.

A libra perdeu também algum terreno para o dólar. O GBP/USD perder 0,24%, negociando em 1,3515 após escorregar para uma baixa de quatro meses de 1,3483nna terça-feira.

Nas últimas semanas, a libra esterlina caiu drasticamente com os investidores, reduzindo suas expectativas para um aumento da taxa pelo Banco da Inglaterra, à medida que os indicadores de uma economia enfraquecida estão em alta.

Enquanto isso, o dólar australiano caiu para novas mínimas de onze meses. O AUD / USD diminuiu 0,55%, para 0,7412. O dólar neozelandês também estava mais fraco. O NZD / USD caiu 0,2%, para 0,6954, que foi atingido pela última vez em meados de dezembro do ano passado.

 

FSM News é um site de notícias atualizado diariamente sobre os acontecimentos no mercado de ações, os reinos financeiros e a economia mundial. Inscreva-se para se informar mais sobre o campo em que você vai participar. O FSMNews está aqui para você.