FSM News

De acordo com Bob Lutz, que é o ex-vice-presidente da General Motors, o chefe-executivo da Tesla, Elon Musk, não sabe como dirigir uma companhia de carro.

“Eles nunca irão lucrar com o Model 3 porque o custo é muito alto. Ele colocou 9.000 pessoas naquela fábrica de montagem produzindo mesmo de 150.000 por ano. A coisa toda não se encaixa. É uma companhia automobilística que está se encaminhando para o cemitério.” Disse Lutz durante uma intrevista.

O comentário de Lutz ocorre após os relatos de uma investigação criminal na Tesla, como também um novo concorrente chegando no mercado na forma de um novo carro elétrico da Audi.

“O cerco está se apertando e eu acho que em um ou dois anos, nós iremos ver um filme chamado “Quem Matou a Tesla,” um filme de conspiração estrelado por Leonardo DiCaprio,” acrescentou Lutz.

No começo do dia, a Tesla disse que o Departamento de Justiça solicitou documentos no mês passado relacionados aos tweets de Musk sobre tornar a companhia privada. Tesla tem descartado desde então tais planos.

A confirmação seguiu-se à um relato de que a agência federal abriu uma investigação criminal com o comentário de Musk.

As ações da Tesla caíram tanto quanto 7,1% ante as notícias, eventualmente fechando em baixa de mais de 3%.

Lutz disse que a Tesla está “perdendo rapidamente dinheiro” e devido à investigação federal, a Comissão de Títulos e Câmbio dos EUA não deixará fazer um aumento de capital.

FSMNews

Ele acrescentou também que há competição vindo não somente da Audi mas da Mercedes, BMW e Porsche. Ele alegou que estes fabricantes podem vender seus carros sem lucrar e compensar isto em vendas de veículos de combustão interna.

“A Tesla não tem... vantagem tecnológica, nem de software, nem de bateria. Nenhuma vantagem qualquer que seja,” ele acrescentou.

O ex-executivo tem sido um crítico de Musk e disse que o CEO da Tesla deve recuar. Esta não é a primeira vez que ele o censurou severamente e previu o fim da Tesla.

Enquanto isto, o acionista da Tesla, Ross Gerber, não acha que a investigação do Departamento de Justiça é algo para se preocupar.

“Nós todos sabemos o que aconteceu, o que eu quero dizer é que Elon comentou um erro,” disse o CEO e presidente da Gerber Kawasaki. “Eu não sei se isto é um crime.”

Ele admitiu que este ano tem sido difícil para a Tesla. Entretanto, ele acha que o pior já passou.

“Este é um período empolgante para a companhia. Portanto, isto é apenas outra nota de rodapé irritante no que será um registro da trajetória de longo prazo da Tesla e nós estamos muito confiantes sobre os próximos 12 meses,” disse Gerber.

Oppenheimer, analista da Colin Rusch, está se concentrando também nos fundamentos uma vez que provavelmente não haverá uma solução em algum momento em breve pelas autoridades.

“Se os fundamentos estão indo bem, nós achamos que que a história a longo prazo começa a ficar intactas, mesmo se Elon não estiver lá,” ele declarou, apontando o sucesso da Apple após Steve Jobs deixar de ser CEO.

Ele contradisse também a noção de Lutz de que a SEC não permitirá que a Tesla levante mais dinheiro, nomeando isto como “especulação puramente”.

Quer saber os últimos acontecimentos no mercado? FSMNews dá a você as mais recentes informações sobre forex, commodities, ações, tecnologia, economia e muito mais. Assine agora para FSMNews.