FSM News

Futuros de índices das ações dos EUA caíram na terça-feira uma vez que receios sobre a aplicação de tarifas em quase todos os produtos chineses pelos EUA deixaram os investidores apreensivos.

Ações da Caterpillar Inc., sensível ao comércio, estavam em baixa de 0,5% para US$ 141,27, enquanto a Boeing Co. somou 0,2% para US$ 342,61. O fabricante de aeronaves ajustou sua estimativa para aquisição de novas aeronaves pela China pelas próximas décadas em 6,2%

Fabricantes de chips, que depende da China para uma grande parte de sua receita, também estavam no vermelho. Intel Corp. escorregou 0,7% para US$ 45,98, enquanto a Micron Technology Inc. tropeçou 4% para US$ 43,08 e a NVIDIA Corp. caiu 0,4% para US$ 273,47.

O economista-chefe de mercado, Peter Cardillo, declarou que os futuros estavam apontando para uma fraca abertura uma vez que questões geopolíticas e comerciais continuam a pesar nos mercados.

Esperaria outro mercado sem direção uma vez que os investidores permanecem cautelosos, declarou ele.

O mercado de ações dos EUA por outro lado, começou a semana em uma nota positiva com o S&P 500 ganhando 0,07% para US$ 2.878,92. O índico composto de tecnologia pesada, NASDAQ, encerrou uma sequencia de perda de quatro dias e permaneceu por fim 0,2% mais alto para US$ 7.924,16.

O Dow 30 avançou 0,1% para US$ 25.882,78, enquanto o e-minis S&P 500 perdeu 0,02% para US$ 2.879,75. E-minis da Nasdaq 100 estava em alta de 0,2% para US$ 7.475,75

China Busca Ajuda Da OMC Para Sanções Nos EUA

FSMNews

Enfraquecimento no mercado de ações dos EUA ocorreu após o presidente Donald Trump ter dito na sexta-feira que ele estava pronto para taxar US$ 267 bilhões de produtos chineses que seguiria tarifas planejadas sobre US$ 200 bilhões de importações chinesas em várias indústrias, incluindo tecnologia.

As tarifas propostas deixariam as importações totais da China sujeitas à tarifas de mais de US$ 500 bilhões, que é quase o mesmo valor de US$ 505 bilhões em produtos que os EUA importaram da China em 2017.

Os comentários de Trump impulsionaram uma queda de 100 ponto no Dow Jones Industrial Average, com o aparente aumento nas tensões comerciais com a China. O S&P 500 e o NASDAQ Composite também teve perdas na sexta-feira.

A China alertou que responderia às medidas retaliatórias se os EUA avançassem com as novas tarifas. A segunda maior economia do mundo decidiu buscar ajuda da Organização Mundial do Comércio (OMC) para implementar sanções nos EUA, após a recente declaração de Trump.

É provável que a questão resulte em anos de batalha legal sobre o caso das sanções. O país pedirá consentimento em uma reunião especial do Órgão de Soluções de Controvérsias da OMC em 21 de setembro.

O pedido da China à OMC cita o descumprimento de Washington à uma decisão em um conflito sobre as taxas de dumping dos EUA. O método dos EUA de calcular a quantidade de dumping, que se refere às exportações chinesas com preços inferiores aos produtos fabricados nos Estados Unidos no mercado dos EUA, foi determinado como ilegal.

Os comerciantes estão esperando quando o próximo round de US$ 200 bilhões em tarifas começaria, com várias companhias esperando um anúncio na sexta-feira.

O público tinha até quinta-feira para comentar a proposta da administração. A questão com relação se a nova tarifa será estabelecida em 10% ou 25% ainda não foi esclarecida até agora.

FSMNews fornece à você os últimos acontecimentos no mercado. Assine agora para FSMNews e recebe informações atualizadas sobre forex, commodities, ações, tecnologia, economia e muito mais.