FSM News

A General Motor da Coreia do Sul continua a se envolver em questões trabalhistas. A companhia de automóveis deu de cara com sérios problemas de emprego, demitindo funcionários de todos os lados enquanto as conversas sindicais continuam a cair em ouvidos surdos.

De acordo com informações locais, a fabricante de automóveis reportou ter reduzido impressionantes 2600 postos de trabalho nos últimos dias. A companhia também disse que deixará o país se as negociações sindicais persistirem. O governo local permanece sem se envolver no assunto.

Moradores locais expressaram suas descrenças sobre os ocorridos. Eles mencionaram que a comunidade “sentia pena”, enquanto isso o enigma sobre os empregos continua.

O forte poder do sindicato nacional contra as companhias vem sendo uma cena muito prevalente localmente. Os maiores sindicatos declararam dar ao país uma impressão; eles chamam o forte fenômeno como o “Desconto da Coreia”.

Voltando a General Motor, a companhia emprega um total de 16.000 trabalhadores coreanos. Os dados fornecidos eram anteriores ao da empregabilidade atual da companhia. As informações também revelaram que isto é anterior ao anúncio do fechamento de sua fábrica em Gunsa.

Além do mais, a companhia também anunciou sua intenção de registrar sua falência. A fabricante disse que se as negociações sindicais não se fortaleceram até 20 de abril, eles serão forçados a irem atrás de sua falência e possivelmente deixar o país.

De outro lado, o governo local tem enfrentado um uma crise industrial na cidade de Gunsa. Esta é a mesma cidade onde a fábrica da GM foi fechada. Esta também é a mesma cidade onde um estaleiro foi fechado ano passado.

FSMNews

Desempenho Global da General Motor

Olhando o desempenho geral da General Motor, a companhia de automóveis está na verdade indo bem no mercado internacional atual. As ações da GM aumentaram hoje após receberem um aumento de nota da Morgan Stanley.

De acordo com os analistas, a companhia está parecendo ter um ótimo resultado devido ao aumento do investimento em infraestrutura. O analista da Morgan Stanley elevou a GM de igual peso e sobrepeso.

A Morgan Stanley também registrou que a exuberante popularidade das pick-ups também pode trazer grandes retornos para a fabricante de carros. Eles também registraram que o setor de caminhões gerará impressionantes 65% do lucro total neste ano.

Atualmente, a GM é cotada a ser uma das apostas, uma vez que a conta de gastos em infraestrutura está parecendo estar fechada. É estimado que a conta tenha incríveis US$ 2,4 trilhões. Espera-se que seja utilizada pelos próximos 10 anos.

Siga o FSM News para sua atualização de mercado 24 horas por dia! Nós fornecemos as últimas notícias sobre Forex, commodities, automobilismo, consumo, finanças, economia e tecnologia. Não perca nenhuma notícia! Inscreva-se agora.