FSM News

Mercado de Ações Asiático subiu cautelosamente na segunda-feira enquanto os investidores esperavam pelo desenrolar das negociações comerciais da China com os EUA. Enquanto isto o yuan chinês subiu para longe de mínimas perigosas.

 

O índice mais amplo da MSCI das ações da Ásia Pacífico, excluindo o Japão, aumentou 0,4% enquanto as blue-chips de Xangai fixaram-se 0,2%.

Foram ligeiras as mudanças no Japão, com o Nikkei recuando 0,3% em negociação apertada,enquanto o S&P 500 aumentou 0,05%.

O yuan atingiu seu nível mais alto em uma semana em 6,8512 por dólar, com Pequim atuando para prevenir um teste da barreira psicológica do nível de 7.000.

Os investidores foram também pressionados pelas notícias de que a China e os Estados Unidos manterão uma negociação de nível mais baixo este mês, dando esperança de que eles poderiam resolver uma guerra comercial escalonada.

Relatos indicavam que negociações com Washington aconteceriam em 21 e 22 de Agosto, logo antes das tarifas sobre US$ 16 bilhões de produtos chineses entrarem em vigor.

O escritório do Representante do Comércio dos EUA declarou na sexta-feira que dobrou a duração das audiências tarifárias sobre os próximos US$ 200 bilhões em bens chineses para seis dias em relação aos três anteriormente planejados, devido à enorme demanda de empresas para testemunhar.

 FSMNews

As audiências ocorrerão de 20 a 24 de agosto e em 27 de agosto.

 

Comerciantes se referiram a algumas especulações de que as negociações poderiam preparar o caminho para uma cúpula entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, em novembro.

 

"Embora tal cronograma para o acordo seja totalmente irrealista, dada a diferença entre os dois lados, as manchetes positivas devem ajudar a melhorar o sentimento e a posicionar o USD em desuso", afirmaram analistas do JPMorgan. "Isso aumentaria as ações da EMEA para um aperto de curto prazo, com os sensitivos HK / China yuan provavelmente liderando o caminho mais alto".

 

O que estava ajudando o humor geral era a firme lira turca, que estava estável em torno de 6,0000 por dólar na segunda-feira.

 

Os bancos centrais do Catar e da Turquia assinaram uma troca de moeda para fornecer liquidez e apoio à estabilidade financeira, revelou o banco central do Catar no domingo.

 

"O sentimento em relação à Turquia se estabilizou, mas as vulnerabilidades de médio prazo continuam substanciais e os mercados continuam a penalizar as moedas com fundamentos fracos", advertiu Michael Gapen, economista do Barclays.

 

“Mas vemos o risco de contágio da Turquia como um resultado de risco relativamente baixo. A história indica que a volatilidade dos mercados emergentes dificilmente derrubará a economia dos EUA, ou o Fed ”, acrescentou.

 

Está marcado para ser divulgada na quarta-feira a ata da reunião de política monetária do Federal Reserve. Espera-se que mostre que os formuladores de políticas estão otimistas em relação à economia e comprometidos com novos aumentos graduais das taxas.

 

 Os últimos acontecimentos do mercado estão aqui no FSMNews. Inscreva-se agora no FSMNews e obtenha as informações mais recentes sobre Forex, commodities, ações, tecnologia, economia e muito mais.