FSM News

Após o momento positivo dos preços do petróleo no início do ano devido ao corte geral da produção liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo que está estendido até o final de 2018, a maioria dos preços do petróleo estão agora negociando em até US$ 68 por barril que é um dos mais altos do mercado já visto desde 2015.

Máxima de Dois Anos

 

Da semana passada até durante a mais recente sessão de negociação, os preços do petróleo foram vistos para atingir e negociar no nível de US$ 70 por barril que é para uma máxima de dois anos e meio tão alto quanto a máxima de três anos na previsão melhorada do mercado em relação à direção da maioria dos preços do petróleo cru no próximo ano.

Enquanto a OPEP tem liderado os cortes da produção desde o início de 2016, as dúvidas do mercado sobre como os esforções poderiam levar a uma recuperação do preço e ajudar a limitar um excesso de oferta global da produção de petróleo não conseguiu deixar os preços do petróleo mais altos até a segunda metade de 2017 quando os esforços da organização foram limitados pelo aumento da produção de petróleo dos EUA.

Apesar dos esforços contínuos da OPEP durante os dois primeiros trimestres de 2017, os mercados levantaram de volta então a questão se a produção de petróleo dos EUA, que tem aumentado continuamente, e o papel crescente do país na cena do mercado mundial de petróleo. Os preços do petróleo estavam negociando abaixo do nível de US$ 50 durante o início de 2017 ante as dúvidas do mercado sobre a OPEP ajudar a empurrar os preços do petróleo para mais alto em meio à crescente produção dos membros não-OPEP.

Entretanto o anúncio da OPEP em novembro para estender os cortes na produção pela terceira vez durante 2018 como também a crescente demanda por petróleo cru em vários países e apoiado também pela participação da Rússia nos cortes da produção, apesar de não ser um membro da OPEP, melhorou o otimismo do mercado e empurrou os preços do petróleo para níveis não vistos desde dos últimos três à quatro anos.

 FSMNews

Movimento do Preço do Petróleo

 

Como a maioria dos preços do petróleo negociou em US$ 68 por barril durante a sessão de negociação de terça-feira, o petróleo Brent de referência internacional negociou em alta em 32 centavos revertendo suas perdas anteriores e negociou à US$ 68,29 por barril que é o mais alto visto desde maio de 2015.

Os preços do petróleo cru dos EUA também negociaram em US$ 62,10 por barril representando um aumento de 37 centavos, o mais alto também visto desde maio de 2015. Também na sessão de negociação anterior, os preços do petróleo cru subiram ante relatos de um declínio na contagem da plataforma dos EUA além de apoiar a melhorar o sentimento do mercado.

Procurando pelas últimas notícias do mercado? Você tem aqui no FSM News e aproveite outros recursos característicos! Inscreva-se agora!