FSM News

A Toyota Kirloskar Motor (TKM), uma subsidiária da montadora japonesa na Índia, anunciou na quarta-feira que elevou seus preços para os seus modelos principais em resposta à decisão do Conselho de Impostos sobre bens e serviços (GST, sigla em inglês) de aumentar as cotribuições sobre os veículos.

Diretor da TKM e vice-presidente sênior de marketing e vendas, N. Raja afirmou que eles precisavam revisar o preço de seus produtos de acordo com o aumento da contribuição que pode refletir nos preços do estado pré-GST.

Em conformidade com a decisão do conselho, a TKM aumentou o preço de modelos selecionados, incluindo o Innova Crysta agora em ₹ 78.000 (US$ 1.219,14), enquanto o SUV Fortuner será mais caro em até 160.000 (US$ 2.500,80).

O Corolla Altis será ajustado para ₹ 72.000 (US$ 1.125,36) e o Etios Platinum avançou em ₹ 13.000 (US$ 203.19).

O preço dos híbridos e carros pequenos, como Etios Liva e Etios Cross, estavan inalterados após o aumento das contribuições.

Em agosto, a companhia encontrou uma pequena queda nas vendas, uma vez que vendeu apenas um total de 12.017 veículos esse mês em comparação com 12.801 unidades vendidas no mesmo período do ano anterior.

A TKM afirmou que viu as encomendas dos clientes subirem entre 40% e 50% após o anúncio de um possível aumento das contribuições.

 

O Aumento das Contribuições do GST

 FSMNews

O conselho de GST decidiu, no dia 9 de setembro, aumentar as contribuições sobre os veículos, de modo a cobrar taxas sobre os automóveis nos níveis pré-GST.

A medida acontece depois que os preços dos carros caíram em até ₹ 300 mil (US$ 4.899), uma vez que as taxas de imposto fixadas pelo GST em julho eram menores do que os dias pré-GST combinados de impostos central e estadual.

O preço do Innova naquele momento foi reduzido em quase ₹100.000 (US$ 1.563), enquanto o Fortuner estava mais acessível em ₹ 200.000 (US$ 3.126). Corolla Altis reduziu para ₹ 98,000 (US$ 1.531,74) e o Etios diminuiu em ₹ 24.500 (US$ 382,94).

Para resolver este problema, o conselho decidiu elevar contribuição. Nos termos mais recentes, as tarifas para automóveis de tamanho médio serão aumentadas em 2%, enquanto 5% serão aumentados em modelos de luxo, e veículos utilitários esportivos (SUVs) terão 7%.

A taxa efetiva do conselho nos carros médios é de 45%, enquanto as maiores serão 48%. As tarifas para SUVs serão de 50%, incluindo carros com comprimento superior a 4.000 milímetros (mm) e com uma distância ao solo de 170mm e acima.

O ministro das finanças, Arun Jaitley, disse que a contribuição foi aumentada para os grandes automóveis, onde a acessibilidade dos consumidores é alta, acrescentando que a taxa pré-GST ainda não foi restaurada e mesmo que tenham espaço para aumentar 10%, eles subiram para 7%.

A contribuição sobre pequenos veículos a gasolina e diesel, híbridos, bem como aqueles que podem acomodar até 13 passageiros, não foi alterada.

No entanto, algumas companhias expressaram seu desapontamento em relação ao GST, dizendo que a decisão do conselho esqueceu completamente seu papel na indústria e na economia.

Eles também temeram que as mudanças recentes possam causar instabilidade no mercado e afetar os movimentos de crescimento da demanda. O abandono do GST entrou em vigor na segunda-feira.

Quer os últimos acontecimentos do mercado? Obtenha aqui no FSMNews. Inscreva-se agora no FSMNews e receba as informações recentes sobre forex, commodities, mercados de ações, tecnologia, economia e muito mais.